Cinco estados brasileiros, entre eles São Paulo, enfrentam o que já é considerada a pior seca em 91 anos, de acordo com um comitê de órgãos do governo federal, que emitiu pela primeira vez na história um alerta de emergência hídrica para o período de junho a setembro

A estiagem colocou novamente o Brasil sob o risco de uma crise hídrica, provocando aumentos significativos nas bandeiras tarifárias cobradas nas contas de luz, atualmente a bandeira tarifária no Brasil está na cor vermelha, patamar 2, com custo de R$6,243 para cada 100kWh consumidos, que somado ao reajuste nas tarifas das concessionárias de até 15,29%, elevou o valor das contas de luz de forma generalizada.

Diante desse cenário, a energia fotovoltaica se destaca como uma alternativa para evitar os aumentos excessivos, reduzindo o valor da conta de luz e ainda contribuindo a matriz energética brasileira de forma limpa.

Com a instalação de placas fotovoltaicas no telhado, residências e empresas podem gerar sua própria eletricidade, reduzindo o consumo de energia da concessionária, durante o dia, e ainda enviar a energia gerada à mais, ou excedente, para a distribuidora, com isso gerando créditos de energia que serão abatidos na fatura, e reduzir o valor da conta de luz. Em alguns casos, essa redução pode chegar à 95%.

O sistema fotovoltaico funciona da seguinte forma: os módulos fotovoltaicos ou placas fotovoltaicas convertem a luz solar em eletricidade, na forma de corrente contínua, que é enviada a um equipamento chamado Inversor, responsável por converter a corrente contínua em corrente alternada de 220V, adequada para o uso dos equipamentos de uma residência ou empresa e compatível com a rede pública de distribuição.

Para instalar um sistema fotovoltaico eficiente e que traga a tão esperada redução na conta de luz é preciso solicitar um estudo personalizado, pois muitos fatores devem ser levados em consideração, como:

• Consumo de energia do local;
• Área disponível para instalação das placas;
• Tipo de telha e a conservação do telhado;
• A inclinação e orientação do telhado; e
• Até mesmo os edifícios do entorno, que pode causar sombreamento e reduzir a geração de energia do seu sistema.


E para adquirir um sistema fotovoltaico, é possível fazer um financiamento solar, pois existem várias linhas específicas para sistemas fotovoltaicos e aproveitar a redução na conta de luz para ajudar no pagamento das parcelas do financiamento. Após quitar o financiamento, você terá muitos anos para usufruir da economia na conta de luz, já que a vida útil das placas é de mais de 25 anos.

346,96 kWp
Potência Instalada

380.022,67 kWh
Energia Produzida

R$ 281.216,77
Economia para nossos clientes

© 2021 Implasolar Energia Solar. All Rights Reserved.