Energia Solar Fotovoltaica em São Paulo Implasolar

Como funciona a captação de energia solar?

Como Funciona a Captação de Energia Solar

Uma das perguntas que os profissionais do mercado de energia solar residencial em São Paulo mais recebem das pessoas nas suas visitas de simulação fotovoltaica ou de projeto é como funciona a captação de energia solar.

É uma dúvida pertinente e importante, afinal instalar a energia solar em casa é um investimento de valor e o cliente deve conhecer os detalhes do funcionamento do sistema, é mais do que um direito, informar-se sobre o funcionamento do kit solar, é uma forma do cliente sentir-se seguro.

A boa notícia é que, apesar de parecer uma questão complexa, a captação fotovoltaica é simples de entender, mesmo para pessoas leigas sobre eletricidade.

Apesar da instalação fotovoltaica ser complexa, com estudos e etapas, a forma de gerar energia solar talvez seja um dos aspectos mais simples.

A captação solar também é o ponto de partida de todas as definições técnicas a serem feitas para um sistema fotovoltaico feito sob medida para as necessidades e objetivos do cliente.

O Blog Implasolar, sua empresa de energia solar em São Paulo, mostrará como funciona a captação fotovoltaica que trará muita economia e benefícios para sua residência!

O QUE SÃO AS PLACAS SOLARES

Para entender como funciona a captação solar, vamos falar do principal componente do processo: a placa solar, também chamada de painel fotovoltaico ou painel solar.

Tecnicamente, um painel solar é o conjunto de placas solares ou módulos fotovoltaicos, porém essa diferenciação não existe para o consumidor, os termos painel e placa acabam designando o mesmo equipamento.

Uma placa solar é aquela peça de cor azulada ou acinzentada – as diferenças são decorrentes do tipo de material que predomina nelas – em quantidade nos telhados e terraços das casas e das empresas ou nas fazendas solares, as instalações térreas comuns no agronegócio e imóveis rurais.

O QUE COMPÕE UMA PLACA SOLAR?

Ela é composta basicamente de:

  • Moldura de alumínio;
  • Vidro especial;
  • Células fotovoltaicas;
  • Camadas de película EVA encapsulante das células;
  • Fundo protetor;
  • Caixa de junção.

Existe uma grande variedade de placas solares, com potências que variam de 5 e 650 watts e essa diferenciação é feita pela quantidade e eficiência das células fotovoltaicas.

Cada sistema fotovoltaico opera com uma quantidade de painéis definida no projeto de geração solar residencial feito para o cliente.

O QUE SÃO AS CÉLULAS FOTOVOLTAICAS?

As células solares são frações de uma placa solar, onde ocorre o efeito fotovoltaico – o processo que converte radiação solar em energia elétrica e do qual vamos falar em seguida.

Várias células dispostas e interligadas em série formam o módulo fotovoltaico (ou placa fotovoltaica) e elas são fabricadas com materiais semicondutores de diversos materiais e níveis de refinamento.

Energia solar residencial: tudo o que você precisa saber!

QUAIS OS MODELOS DE PLACAS SOLARES

PLACA SOLAR MONOCRISTALINA

É fabricada com células monocristalinas de silício com o maior índice de pureza. É a placa solar mais eficiente do mercado, entre 15 e 22%, de maior custo e também um dos modelos mais usados, pois pode ser instalado em espaços menores.

Sua vida útil é de 25 anos, podendo se estender até 30 anos. É o modelo mais eficiente para os dias de pouca luminosidade.

PLACA SOLAR POLICRISTALINA

Esse módulo de energia solar é produzido com silício combinado com outros cristais, o que gera uma eficiência inferior ao painel monocristalino, mas ainda alta, entre 14 e 20%. Ele exige uma área para instalação maior e tem um custo menor que o módulo monocristalino, e a mesma vida útil.

PLACA SOLAR DE FILME FINO

O módulo fotovoltaico thin-film é fabricado com um material-base (vidro, metal ou plástico) sobre o qual são colocadas camadas de material fotovoltaico. Tem uma eficiência entre 10 e 13%, vida útil de 10 a 15 anos e funciona bem em locais com pouca radiação solar.

A escolha da placa solar ideal para a sua residência dependerá de uma série de cálculos fotovoltaicos feitos pela empresa de placa solar em São Paulo.

Placa Solar Filme Fino Implasolar

COMO FUNCIONA A CAPTAÇÃO DE ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

O efeito fotovoltaico é a base para geração de energia a partir da radiação solar, que depois deve ser convertida pelo sistema fotovoltaico em energia para uso nos aparelhos e na iluminação da casa.

Veja os passos para captar energia solar.

  1. As células fotovoltaicas presentes na placa são feitas de material semicondutor. Quando a luz solar atinge esses materiais como o silício, e compostas de elétrons que são provocados ao terem contato com a radiação solar;
  2. Elas possuem duas extremidades distintas, uma de carga negativa de silício com boro e uma positiva de silício com fósforo. As reações entre as moléculas é que promovem a reação das células com a radiação do sol;
  3. Os elétrons absorvem a energia presente na radiação e criam a energia fotovoltaica.

Nesse ponto, a captação de energia solar está completa. Daí pra frente, o sistema fotovoltaico envia a energia produzida para o inversor solar, que fará a conversão dela para energia elétrica alternada, própria para consumo na iluminação e no funcionamento de aparelhos da residência.

Você sabe se a sua casa pode ter um sistema para gerar energia solar? Confira aqui!

RADIAÇÃO SOLAR NO BRASIL

A radiação solar ou irradiância solar é a precipitação dos raios solares na superfície terrestre e que ocorre de formas diferentes nas regiões do planeta – daí vem o fato de locais como o Brasil ter um nível de radiação solar maior que outros países.

Os painéis solares são preparados para captar e utilizar toda a irradiância que chega às células, mas a eficiência de captação depende de alguns fatores:

  • Da irradiação solar em si (o volume que chega);
  • Da área da superfície de captação;
  • Do tempo de exposição das células fotovoltaicas;
  • Da inclinação dos painéis solares.

Como podemos ver, definir a eficiência energética dos painéis é uma equação complexa, onde a precisão dos estudos no projeto é essencial para determinar qual o melhor modelo de placa

Quer conhecer os melhores motivos para colocar energia solar na sua residência? Nós listamos algumas!

COMO COMEÇAR A CAPTAR ENERGIA SOLAR COM A IMPLASOLAR!

Instalar energia solar na residência é um projeto complexo tecnicamente, mas tem de ser simples para você. O ponto de partida para isso é a simulação de energia solar, onde as primeiras análises são feitas.

  • Histórico de consumo residencial (últimos 12 meses);
  • Características da rede elétrica local;
  • Distribuição do consumo (número de cômodos, imóveis anexos);
  • Perfil de equipamentos (domésticos, de uso em negócios);
  • Planos familiares que mudem o perfil de consumo;
  • Expectativas de redução do gasto de energia elétrica;
  • Estimativa da quantidade e do modelo de painel solar compatível;
  • Tempo de retorno e investimento.

Essas informações serão validadas no estudo de viabilidade técnica, quando o consultor fotovoltaico analisa as características ambientais – espaço disponível para a instalação das placas, acessibilidade e outras.

Compartilhe:

Quer reduzir a conta de energia?

Implantação do sistema completo para geração de energia solar fotovoltaica. Processo simples, seguro e rápido com a Implasolar.

Implasolar

A Implasolar é uma empresa voltada para a evolução que a humanidade precisa trilhar para que o planeta Terra continue sendo um lugar incrível de viver!

Quer reduzir conta de energia?

Implantação do sistema completo para geração de energia solar fotovoltaica. Processo simples, seguro e rápido com a Implasolar.

WhatsApp